17.7.06

REGRESSO AO "PUTO"

POR FIM, O DIA DE REGRESSO AO "PUTO" CHEGOU
EM 25 DE ABRIL DE 1972 A COMPANHIA VEIO DE BESSA MONTEIRO PARA LUANDA, EM COLUNA MILITAR, DIRIGINDO-SE AO AEROPORTO PARA REGRESSAR À "METRÓPOLE" NOS AVIÕES "BOEING 707" DOS TRANSPORTES AÉREOS MILITARES (TAM)
LUANDA - AEROPORTO- 25ABR72


Em 1970, com recurso a vários subterfúgios, foi possível a Portugal comprar dois Boeing 707 para a TAP e depois transferi-los para a frota dos TAM (Transportes Aéreos Militares). A primeira viagem para Luanda fez-se em 1971, numa ligação que, com os aparelhos a jacto, só durava dez horas, o que melhorou significativamente o esforço para manter a ligação aérea com o Ultramar. Na "Metrópole" o movimento de passageiros e carga era feito através do Aeródromo Base nº 1 (AB1), no Figo Maduro, em Lisboa.
O pessoal de bordo era da Força Aérea, circulando, nessa altura, várias anedotas relativamente "às hospedeiras de bordo", que era feito por Praças da Força Aérea.
BOEING 707


O Resende nas suas navegações pela net, em sites de aviação, encontrou notícias sobre os Boeing 707 da FAP.

Num site italiano sobre aviação, apareceu um vídeo que está à venda em DVD sobre estes dois aviões que estão ao serviço da Força Aérea Italiana como aviões de reabastecimento em voo. Como é sabido, depois da descolonização e do fim da guerra, os Boeing 707-300 da FAP passaram para a transportadora TAP, e esta manteve-os pouco tempo em serviço dado os motores com que vinham equipados serem de modelo diferente da restante frota de 707, tendo-os vendido à Força Aérea Italiana que os transformou em aviões tanque de reabastecimento em voo para os seus caças.

Quem quiser ter acesso ao visionamento do vídeo, e recordar os saudosos 8801 e 8802 basta ir ao site: www.toscanavolo.it/dvd-pratica2007.html

Outro site onde podem ver fotos dos 707, é o da Força Aérea Italiana: http://www.aeronautica.difesa.it/

Os Boeing 707 marcaram uma época da aviação comercial e na FAP estiveram ao serviço desde 1971 transportando milhares de militares de e para as ex Colónias. Estavam sediados no AB1 na Portela ao serviço dos TAM, na época Agrupamento de Transportes Aéreos Militares, tendo a FAP possuído dois aparelhos na versão 707-300 que é a versão mais alongada destes aparelhos, dado que além desta, existirem, ainda, a versão 100 e a 200.

Dimensões:

Comprimento: 46.61 m

Envergadura: 44.42m

Altura: 12.93

Peso / Cap. Carga

Peso vazio: 66406 kg

Peso máximo/descolagem: 151315 kg

Número de suportes p/ armas: 0

Capacidade de carga/armamento: 40324 kg

Tripulação / passageiros: 2+2+189

ESTE CAPÍTULO PODE CRESCER E MELHORAR COM AS TUAS FOTOS





















Sem comentários: